Blog

Comer fora de casa ou fazer as suas refeições?

13.06.2018

Comer fora de casa ou fazer as suas refeições?

Descubra qual é a melhor opção para o seu bolso: comer fora de casa ou preparar as refeições.

Comer fora de casa ou preparar as refeições? Essa é uma dúvida que passa pela cabeça dos brasileiros diariamente, que saem de casa de manhã cedo e voltam apenas à noite, precisando fazer diversas refeições longe de casa.

Muitas pessoas têm convicção de que preparar as refeições é a melhor escolha para o seu bolso. Mas será que isso é mesmo verdade? Tudo depende de uma série de fatores. Se você consegue almoçar com apenas R$10, mas gasta mais do que isso para preparar uma refeição, talvez comer fora de casa seja uma boa opção.

Veremos, a seguir, como tomar a melhor decisão entre comer fora de casa ou preparar as refeições. Confira.

Os benefícios de comer fora de casa

Comer fora de casa oferece uma série de benefícios para os seus adeptos. Confira quais são os principais deles:

  • Mais opções de alimentação, com liberdade para comer um dia em casa lugar
  • Não há a necessidade de perder tempo cozinhando no dia anterior e nem lavando a louça
  • Acesso a promoções e planos de fidelidade que podem reduzir os custos mensais
  • Momento de lazer e descontração entre os colegas de trabalho

Vantagens de preparar as refeições

Por outro lado, preparar as refeições também tem as suas vantagens. Veja quais são as principais delas:

  • Economia ao encontrar os melhores preços no supermercado
  • Possibilidade de montar um cardápio que seja do seu gosto e manter uma alimentação equilibrada
  • Prática na cozinha para aprimorar as técnicas e descobrir novas receitas

O impacto financeiro da sua decisão

Quando falamos sobre o impacto financeiro da decisão é que a atenção deve ser redobrada. Estima-se que 25% do salário dos brasileiros seja gasto na alimentação fora de casa. Segundo os dados levantados pela Associação das Empresas de Refeição e Alimentação Convênio para o Trabalhador (Assert Brasil), uma refeição completa custa, em média, R$32,94 – variando de acordo com a região do Brasil.

Isso significa que comer fora de casa pode ser o grande vilão do seu orçamento doméstico, não é? Porém nem sempre preparar as refeições em casa se torna uma necessidade para corrigir isso. Ao evitar consumir bebidas, sobremesas e cafezinho, já é possível obter uma grande economia no fim do mês.

Além disso, procurar por alternativas mais econômicas – como as marmitas ou pratos feitos – também é uma solução adotada por muitas pessoas. O importante é criar a consciência de que cada real a mais gasto diariamente pode ter um grande impacto na soma ao longo de um mês inteiro.

Geralmente, preparar as refeições em casa permite que você economize ainda mais. Uma panela de arroz e feijão pode ser consumida ao longo de uma semana inteira e os alimentos comprados no mercado possuem um custo muito menor do que em um restaurante. Tudo depende do seu planejamento de compras e dedicação de um tempo para cozinhar.

Para tomar a sua decisão, experimente anotar todos os gastos de uma semana comendo fora de casa e de outra preparando as refeições. Compare o valor das despesas e confira o impacto no seu bolso.

Você costuma comer fora de casa ou preparar as refeições? Já havia pensado no impacto que isso tem no seu bolso? Mesmo reduzindo as despesas com alimentação, é preciso ter muita atenção para manter as finanças equilibradas. Quando você precisar de um auxílio para pagar as contas básicas, conte com o Jeitto – seu empréstimo online na medida certa e sem juros.