Blog

5 dicas para não gastar o 13º salário de uma vez

10.10.2018

5 dicas para não gastar o 13º salário de uma vez

Para não gastar o 13º salário de uma vez, é preciso ter controle e planejamento.

Você está ansioso para começar a gastar o 13º salário? O mês de dezembro é muito aguardado pelos brasileiros não só pelas festas e férias, mas, também, pelo recebimento do 13º salário – que significa uma renda extra para os profissionais que trabalham com carteira assinada.

Porém, toda essa expectativa em relação ao 13º salário pode fazer que o dinheiro dure menos tempo do que você imagina. Contando com essa grana extra no fim do ano, muitas pessoas já começam a planejar gastos acima da média mensal – comprometendo a sua saúde financeira.

Para tirar o melhor proveito desse dinheiro extra, confira 5 dicas para não gastar o 13º salário de uma vez.

Como não gastar o 13º salário de uma vez

Você trabalha durante o ano inteiro para que tenha direito a receber o 13º salário no mês de dezembro. Nada mais justo do que reservar uma parcela desse dinheiro como uma recompensa por todo o seu esforço ao longo do ano, não é? Entretanto, é preciso impor um limite nesses gastos para não aumentar as despesas mais do que deveria.

Veja algumas dicas que vão ajudá-lo a não gastar o 13º salário de uma vez:

1. Não crie dívidas pensando no 13º salário

Um grande erro que leva os consumidores a gastarem o 13º salário todo de uma vez é contrair dívidas antes mesmo de receber o dinheiro extra. Um ótimo exemplo disso é uma pessoa que compra um novo aparelho de televisão em várias parcelas já sabendo que receberá o 13º salário nos meses seguintes.

Apesar de tornar essas operações viáveis, as compras podem gerar uma grande confusão financeira e acabar com o seu 13º salário antes mesmo que você receba o dinheiro na sua conta. Além disso, não é incomum casos em que os gastos são superiores a essa quantia extra – gerando um endividamento ainda maior.

2. Planeje o orçamento com antecedência

Outra dica para evitar gastar o 13º salário de uma só vez é planejar o orçamento para o mês de dezembro com antecedência, considerando todos os gastos do período – que podem incluir a compra de presentes e várias confraternizações. Dessa forma, você consegue identificar exatamente quanto sobra para fazer outras compras e comprar um presente especial para você.

3. Evite as compras por impulso

As compras por impulso geram problemas para o orçamento doméstico ao longo do ano inteiro – e podem provocar um impacto ainda mais expressivo com o dinheiro extra do 13º salário. Procure controlar as suas compras nesse momento do ano, em que todas as lojas fazem promoções para atrair os consumidores.

4. Considere os gastos extras no fim de ano

O fim de ano representa um aumento nas despesas para grande parte dos brasileiros por conta das festividades – que incluem várias confraternizações e a compra de presentes. É fundamental ter consciência sobre esse aumento de custos no orçamento doméstico antes de começar a gastar o 13º salário.

5. Reserve dinheiro para situações imprevistas

Antes de começar a gastar o 13º salário, procure fazer uma pequena reserva para situações imprevistas. Essa atitude permite que você fique longe do endividamento e tenha segurança para cobrir gastos não planejados que podem acontecer durante o mês de dezembro ou nos seguintes.

E então, gostou das dicas para não gastar o 13º salário de uma vez? Se você passar por complicações para pagar todas as contas básicas, utilize o Jeitto – um aplicativo de empréstimo online na medida certa e sem juros!